Social Determinants of Health: Risks and Vulnerability in Adolescence

Authors

  • Maria Isabelly Fernandes da Costa Federal University of Ceara
  • Izaildo Tavares Luna Federal University of Ceara
  • Patrícia Neyva da Costa Pinheiro Federal University of Ceara
  • Raelson Ribeiro Rodrigues Federal University of Ceara
  • Neiva Francenely Cunha Vieira Federal University of Ceara
  • Fabiane do Amaral Gubert Federal University of Ceara

DOI:

https://doi.org/10.3823/2037

Keywords:

Adolescents, Social Determinants of Health, Risks, Vulnerability, Health.

Abstract

INTRODUCTION: Social determinants are understood as the conditions in which people are born, grow, live, work and age, reflecting positively or negatively in their lives. This is seen mainly in adolescents, leaving them susceptible to risks and vulnerabilities that are associated with social inequities, The study of them allows us to identify the influence of these determinants in adolescence. This study aimed to analyze the Social Determinants of Health: Risks and Vulnerabilities in Adolescence through established categories. METHODS: Critical analysis about the social determinants of health and the risks and vulnerabilities in adolescence. There was division into two categories: Risk and Vulnerability in Adolescence and Social Determinants of Health in Adolescence, which identified their most relevant aspects. RESULTS: The abuse of alcohol and drugs, labor exploitation, violence, unplanned pregnancy and infection by STD / HIV / AIDS were the main risks and vulnerabilities found in adolescence, and those were influenced by social determinants of health. CONCLUSION: Health inequities are complex issues that permeate many aspects, both individually and collectively. Although there are policies for the care of adolescent health, there is the need for effective strategies or new empathic and active policies to minimize damages and to provide quality of life as well as the reduction of health inequities. 

References

Organização Mundial de Saúde (OMS). Declaração política do Rio sobre

determinantes sociais da saúde. Rio de Janeiro, Brasil – Out 2011 [citado em 31 dez

; Disponível em:

www.who.int/sdhconference/declaration/Rio_political_declaration_portuguese.pdf

Carvalho AI. Determinantes sociais, econômicos e ambientais da saúde. In Fundação

Oswaldo Cruz. A saúde no Brasil em 2030 - prospecção estratégica do sistema de saúde

brasileiro: população e perfil sanitário [online]. Rio de Janeiro: Fiocruz/Ipea/Ministério

da Saúde/Secretaria de Assuntos Estratégicos da Presidência da República, 2013[citado

em 31 dez 2015]; 2(1): 19-38. Available from SciELO Books:

http://books.scielo.org/id/8pmmy/pdf/noronha-9788581100166- 03.pdf

Escoda MSQ, Silva DB, Spinelli JAL, Hesio Cordeiro H. Seletividade Assistencial

Reforça Desigualdades Sociais e produz Iniquidades em Saúde. Revista Espaço para a

Saúde. Londrina. Dez 2013[citado em 31 dez 2015]; 13(1): 52-62; Disponível em:

http://www.uel.br/revistas/uel/index. php/espacoparasaude/article/viewFile/10135/pdf_8

Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA). Objetivos de Desenvolvimento do

Milênio. Relatório Nacional de Acompanhamento. Brasília, 2014 [citado em 31 dez

; Disponível em:

http://www.pnud.org.br/Docs/5_RelatorioNacionalAcompanhamentoODM.pdf

Buss PM, Pellegrini Filho A. Determinantes Sociais da Saúde. Editorial, Caderno

Saúde Pública, Rio de Janeiro. Set 2006 [citado em 31 de dez 2015]; 22(9): 1772-1773.

Disponível em: http://dx.doi.org/10.1590/S0102-311X2006000900001

Moretti AC, Almeida V, Westphal MF, Bógus CM. Práticas corporais/atividade física

e políticas públicas de promoção da saúde. Saúde soc.[Internet]. Abr/Jun. 2009 [citado

em 31 dez 2015]; 18(2): 346-54. Disponível em: http://dx.doi.org/10. 1590/S0104-

World Health Organization. Milestones in Health Promotion Statements from Global

Conferences. Gevena: WHO 2009; [cited 2015 dez 31]. Available from:

http://www.who.int/healthpromotion/Milestones_Health_Promotion_05022010.pdf

Brasil 1988. Constituição da República Federativa do Brasil. Brasília.

Buss PM, Pellegrini Filho A. A saúde e seus determinantes sociais. Physis: Revista

de Saúde Coletiva, Rio de Janeiro, 2007 [citado em 31 de dez 2015]; 17(1): 7-93.

Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/physis/v17n1/v17n1a06.pdf

Oliveira MJI, Santo EE. A Relação entre os Determinantes Sociais da Saúde e a

Questão Social. Caderno Saúde e Desenvolvimento. Jan/Jun 2013 [citado em 31 dez

; 2(2). Disponível em:

http://www.grupouninter.com.br/revistasaude/index.php/cadernosaudedesenvolvimento/

article/view/219/102

Guimarães MCS, Novaes SC. Autonomia reduzida e vulnerabilidade: liberdade de

decisão, diferença e desigualdade. Rev Bioética. 2010; [citado em 31 dez 2015]; 7(1):

-4. Disponível em:

http://revistabioetica.cfm.org.br/index.php/revista_bioetica/article/view/288/427

Mendes, EV. As redes de atenção à saúde. Ciência & Saúde Coletiva, Rio de

Janeiro. Aug 2010 [citado em 31 dez 2015]; 15(5): 2297-2305. Available from:

http://dx.doi.org/10.1590/S1413-81232010000500005

Taquette SR, Vilhen MM. Adolescência, gênero e saúde. Revista Adolescência &

Saúde, Rio de Janeiro. Abr. 2006 [citado em 31 dez 2015] 3(2): 6-9. Disponível em:

http://www.adolescenciaesaude.com/detalhe_artigo.asp?id=139

Hockenberry MJ, Wong DL. Fundamentos de enfermagem pediátrica. 8º ed. Rio

de Janeiro. Elsevier, 2011

Wong DL. Enfermagem Pediátrica: Elementos essenciais à Intervenção efetiva. 8.

ed. Rio de Janeiro: Elsevier, 2011

Carmo DRP, Padoin SMM, Paula CC, Souza IEO. Adolescente que cumpre

medida socioeducativa: modos de ser no cotidiano e possibilidades para enfermagem.

Rev Gaúcha Enferm. [Online] Porto Alegre. Set. 201[citado em 31 dez 2015]; 32(3):

-478. Disponível em: http://dx.doi.org/10.1590/S1983-14472011000300006

Schenker M, Minayo MCS. Fatores de risco e de proteção para o uso de drogas na

adolescência. Ciência & Saúde Coletiva. 2005 [citado em 31 dez 2015]; 10(3): 707-

Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/csc/v10n3/a27v10n3.pdf

Jesus FB, Lima FCA, Martins CBG, Matos KF, Souza SPS. Vulnerabilidade na

adolescência: a experiência e expressão do adolescente. Revista Gaúcha de Enfermagem

[Online] Porto Alegre. Jun. 2011[citado em 31 dez 2015]; 32(2): 359-367. Disponível

em: http://dx.doi.org/10.1590/S1983-14472011000200021

Ayres SJRCM, Calazans GJ, Saletti F, Haraldo C, França JR. Risco,

vulnerabilidade e práticas de prevenção e promoção da saúde. In: Campos, GWS;

Minayo, MCS; Akerman, M; Drumond, MJr; Carvalho, YM. Organizadores. Tratado de

saúde coletiva. Rio de Janeiro (RJ): Fiocruz; 2006. p. 375-417.

Rodrigues NO, Ner AL. Vulnerabilidade social, individual e programática em

idosos da comunidade: dados do estudo FIBRA, Campinas, SP, Brasil. Ciência & Saúde

Coletiva, Rio de Janeiro. 2012 [citado em 31 dez 2015]; 17(8): 2129-2139. Disponível

em: http://dx.doi.org/10.1590/S1413-81232012000800023

Unicef. O direito de ser adolescente: Oportunidade para reduzir vulnerabilidades e

superar desigualdades / Fundo das Nações Unidas para a Infância. – Brasília, DF, 2011

[citado em 31 dez 2015]. Disponível em:

http://www.unicef.org/brazil/pt/br_sabrep11.pdf

Davim RMB, Germano RM, Menezes RMV, Carlos DJD.

Adolescente/Adolescência: revisão teórica sobre uma fase crítica da vida. Rev Rene.

[citado em 31 dez 2015]; 10(2): 131-140. Disponível em:

http://www.revistarene.ufc.br/revista/index.php/revista/article/view/500/pdf

Zeitoune RCG, Silveira HS, Domingos AM, Maia AC. O conhecimento de

adolescentes sobre drogas lícitas e ilícitas: uma contribuição para a enfermagem

comunitária. Esc. Anna Nery. Rio de Janeiro. Mar 2012 [citado em 31 dez 2015]; 16(1):

-63. Disponível em: http://dx.doi.org/10.1590/S1414-81452012000100008

Ministério da Saúde - Secretaria de Vigilância em Saúde - Departamento de DST,

Aids e Hepatites Virais. Brasil, 2014.

Reis DC, Almeida TAC, Miranda MM, Alves RH, Madeira AMF.

Vulnerabilidades à saúde na adolescência: condições socioeconômicas, redes sociais,

drogas e violência. Rev. Latino-Am. Enfermagem. 2013 [citado em 31 dez 2015]; 21(2).

Disponível em: http://dx.doi.org/10.1590/S0104-116920130002000

Waiselfisz JJ. Mapa da Violência 2015: Homicídio de mulheres no Brasil. Fonte

Diagramação: All Type Assessoria Editorial Ltda, 2015[citado em 31 dez 2015];

Disponível em: www.mapadaviolencia.org

Malta DC, Mascarenhas MDM, Porto DL, Barreto SM, Morais Neto, OL.

Exposição ao álcool entre escolares e fatores associados. Revista de Saúde Pública, São

Paulo. Jan./Fev. 2014 [citado em 31 dez 2015]; 48(1): 52 -62. Disponível em:

http://dx.doi.org/10.1590/S0034-8910.2014048004563

Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Ações

Programáticas Estratégicas. Orientações básicas de atenção integral à saúde de

adolescentes nas escolas e unidades básicas de saúde. Brasília: Editora do Ministério da

Saúde, 2013.

Mota RM. História oral de adolescentes grávidas em situação de violência

doméstica - Salvador, 2012. Universidade Federal da Bahia. Escola de Enfermagem,

[citado em 31 dez 2015]. Disponível em:

https://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/11161

Campos CG, Estima SL, Santos VS, Lazzarotto, AR. A Vulnerabilidade ao HIV

em Adolescentes: Estudo Retrospectivo em um Centro de Testagem e Aconselhamento.

Rev Min Enferm. Abr/Jun 2014 [citado em 31 dez 2015]; 18(2): 310-314. Disponível

em: http://www.reme.org.br/artigo/detalhes/929

Mendes EV. O cuidado das condições crônicas na atenção primária à saúde: o

imperativo da consolidação da estratégia da saúde da família. / Eugênio Vilaça Mendes.

Brasília: Organização Pan-Americana da Saúde, 2012 [citado em 31 dez 2015];

Disponível em:

http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/cuidado_condicoes_atencao_primaria_saude.

pdf

Cndss – Comissão Nacional sobre Determinantes Sociais da Saúde. As causas

sociais das iniquidades em saúde no Brasil. Rio de Janeiro: Editora Fiocruz, 2008

[citado em 31 dez 2015]. Disponível em:

http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/causas_sociais_iniquidades.pdf

Nahas MV. Atividade física, saúde e qualidade de vida: conceitos e sugestões para

um estilo de vida ativo. 5. edição. Londrina: Miograf, 2010.

Santos ARM, Silva EAPC, Silva PPC, Cartaxo HGO, Freitas CMSM. Estilo de

vida na adolescência: O Envolvimento Religioso atuando nos Comportamentos de

Risco à Saúde. Pensar a Prática, Goiânia. Jan./Mar. 2014 [citado em 31 dez 2015];

(1): 01-294. Disponível em:

https://www.revistas.ufg.br/index.php?journal=fef&page=article&op=view&path%5B

%5D=18741

Silva JF, Belusso SL, Ilha AS. Algumas considerações sobre a Exploração do

Trabalho Infantil. Congresso de la asociacion latino-americana de sociologia rural

(ALASRU), Equador, 2009 [citado em 31 dez 2015]. Disponível em:

https://www.researchgate.net/publication/242461279

Raposo, C. A Política de Atenção Integral à Saúde do Adolescente e Jovem: uma

perspectiva de garantia de direito à saúde? Revista da Faculdade de Serviço Social da

Universidade do Estado do Rio de Janeiro. Jul 2009 [citado em 31 dez 2015]; 6(23) -

Disponível em: http://www.e-

publicacoes.uerj.br/index.php/revistaempauta/article/view/450/548

Padovani M, Ristum M. A escola e a construção da identidade de adolescentes

autores de ato infracional. Revista entre Ideias, Salvador. Jul./Dez. 2013 [citado em 31

dez 2015]; 2(1): 151 -167. Disponível em:

http://www.portalseer.ufba.br/index.php/entreideias/article/view/7672/6683

Facci MGD. A escola é para poucos? A positividade da escola no desenvolvimento

psicológico dos alunos em uma visão Vygotskyana. Psicologia Política. 2010 [citado em

dez 2015]; 10(20): 297-310. Disponível em:

http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519549X201000020001

&lng=pt&nrm=iso

Inep-Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira.

Diretoria de Tratamento e disseminação de informações Educação no Brasil,

[citado em 31 dez 2015]. Disponível em:

http://www.todospelaeducacao.org.br/educacao-no- brasil

Jager ME, Batista FA, Santos CMPSS, Dias ACG. O Adolescente no contexto da

Saúde Pública Brasileira: Reflexões sobre o Prosad. Psicologia em Estudo, Maringá.

Abr./Jun. 2014 [citado em 31 dez 2015]; 19(2): 211-221. Disponível em:

http://dx.doi.org/10. 1590/1413-737221567004

Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção em Saúde. Departamento de Ações

Programáticas Estratégicas. Diretrizes nacionais para a atenção integral à saúde de

adolescentes e jovens na promoção, proteção e recuperação da saúde. Brasília:

Ministério da Saúde, 2010.

Lyra J, Medrado B, Oliveira AR, Sobrinho A. Juventude, mobilização social e

saúde: Interlocuções com políticas públicas. Recife: Instituto PAPAI/MAB/Canto

Jovem, 2010, 2ª ed. [citado em 31 dez 2015]; pp. 109-130. Disponível em:

http://www.unfpa.org.br/Arquivos/ena.pdf

Bastos LF, Leite SS, Martins MC, Pagliuca LMF, Rebouças CBA. National Polyce of Health

Promotion: a Vision about Operation Axes. Inter Archv Med [Interne] 2016 [ cited em 07

jul 2016]. Disponível em: http: //www.intarchmed.com/

Downloads

Published

2016-08-08

Issue

Section

Global Health & Health Policy

Most read articles by the same author(s)